Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

Atualmente milhares de doenças podem acometer os homens, isso, devido ao estilo de vida que as pessoas costumam levar hoje em dia. Algumas doenças, por exemplo, interferem tanto no organismo, que chegam a causar problemas sexuais como a disfunção erétil.

A disfunção erétil ou impotência sexual é a incapacidade persistente que o homem tem na hora da relação sexual, de conseguir ter e manter uma ereção para a penetração. A ereção deve ser suficiente para a satisfação de ambos. A impotência segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS afeta 15 milhões de homens só aqui no Brasil. A população mais atingida pela disfunção erétil, tem idade entre 40 e 70 anos.

Couple

O problema da disfunção erétil é de grande relevância, pois afeta pessoas do mundo todo, e tem forte ligação com as doenças crônicas como as cardiovasculares, o diabetes, as quais podem ter fatores de risco como a obesidade e o sedentarismo. De acordo com dados da Agência Nacional de Saúde – ANS, no Brasil existem quase 53 milhões de pessoas com pelo menos uma doença crônica, o que faz as pessoas ficarem alertas quanto a sua saúde.

A disfunção erétil tem suas causas de origem orgânica ou psicológica. Doenças e problemas que geralmente afetam o fluxo sanguíneo do corpo, principalmente a região peniana, costumam causar a disfunção erétil. Veja algumas dessas doenças:

Diabetes: é considerada uma das causas mais comuns da disfunção erétil, pois, como resultado da doença, os nervos e vasos sanguíneos que controlam o fluxo de sangue para o pênis podem ser danificados, influenciando num mau desemprenho sexual. Ainda segundo a Associação Americana de Diabetes, pelo menos a metade dos homens com mais de 50 anos que têm diabetes desenvolvem a disfunção erétil.

3 Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

Doenças cardiovasculares: quem tem problemas cardiovasculares deve ficar atento quanto a saúde do coração. Esses problemas costumam afetar o fluxo de sangue para o pênis, interferindo na ereção. Além do mais, os homens que possuem doenças cardíacas são duas vezes mais propensos que os outros homens a desenvolverem a impotência sexual.

2 Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

Aterosclerose: é quando se formam placas de gordura, cálcio e outros elementos na parede das artérias do coração. É uma doença crônica e se caracteriza pelo estreitamento e enrijecimento das artérias devido ao acúmulo de gordura em suas paredes. Assim prejudica a entrada de sangue nos corpos cavernosos, o que torna a ereção precária.

Hipertensão arterial: assim como as outras doenças já citadas, esta também pode causar danos aos mecanismos envolvidos no processo da ereção. Tanto os medicamentos utilizados para o tratamento da hipertensão arterial quanto a própria doença podem ser responsabilizados pelas dificuldades de ereção que o homem apresenta.

4 Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

Essas doenças restringem o fluxo de sangue no organismo, e podem causar danos aos vasos sanguíneos, nervos, músculos lisos ou tecidos fibrosos que estão envolvidos na obtenção e manutenção da ereção dos homens. Portanto, tudo o que você fizer para contribuir com a melhora na saúde do seu coração e também dos vasos sanguíneos, influenciará para que você tenha uma vida sexual saudável, livre de disfunções.

Mas além das doenças, outros problemas também podem interferir na ereção. São eles: tabagismo, alcoolismo, uso de alguns medicamentos, problemas psicológicos como a depressão, ansiedade, nervosismo, e estresse.

Tratamento existe

Para quem tem a disfunção erétil e está preocupado com o problema, fique tranquilo, pois existe tratamento. O objetivo da intervenção da disfunção é fazer com que o homem volte a ter momentos de satisfação e prazer sexual na cama, conseguindo obter e manter a ereção suficiente para a penetração.

Em comparação com alguns anos atrás, hoje os homens já encontram diversos tipos de tratamentos para a disfunção erétil que vão desde o uso de alguns medicamentos orais, injeções intracavernosas diretamente no pênis, terapias sexuais que ajudam a tratar o problema que tenha origem psicológica, bombas de vácuo e até procedimentos cirúrgicos para a colocação de próteses penianas.

5 Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

Vale ressaltar que é o seu médico que irá lhe indicar o tratamento adequado, dependendo do grau da sua disfunção erétil, que pode ter um grau leve ou até mesmo ser um problema mais sério que requer mais atenção. Além destes tratamentos, existem produtos naturais que também são indicados para os casos de disfunções sexuais como o Chá do Amor Kannjin.

Chá do Amor Kannjin também trata a disfunção erétil nos homens

O chá do amor Kannjin pode ser a melhor forma para reverter a sua disfunção erétil. Pois diferentemente de alguns medicamentos orais, o Kannjin não possui efeitos colaterais. Ele pode ser utilizado por homens com idade entre 18 e 90 anos que possuem disfunção erétil/impotência sexual, ou também por aqueles que possuem o problema da ejaculação precoce. O produto é extraído de um cipó encontrado na floresta amazônica, chamado “cipó kannjin”.

botao-comprar

O chá age rapidamente trazendo a ereção de volta

Quando o homem for iniciar uma relação sexual, deve tomar o chá, 40 minutos antes. Basta abrir o sachê e despejar o conteúdo em um copo de água, suco, ou refrigerante e ingerir logo em seguida. Vale ressaltar, que o Chá do Amor Kannjin nunca deve ser ingerido com leite, pois a lactose pode inibir a ação do produto. O chá pode levar à uma ereção de até 12 horas em algumas pessoas. Sua função é proporcionar uma ereção segura e saudável, e claro, tratando estas disfunções sexuais.  O sexo é fundamental para o relacionamento e também para a vida, por isso, não que nenhuma destas disfunções prejudique a sua vida sexual.

Pessoas que possuem diabetes podem utilizar o Chá do Amor Kannjin?

O Chá do Amor Kannjin vem sendo utilizado por pessoas com diabetes a anos e não foi encontrado problemas de interação medicamentosa com medicamentos para essa patologia e nem fatores que possam agravar a doença.

1 ejaculação precoce aprenda a retarda la

Pessoas com doenças coronárias crônicas podem utilizar o Chá do Amor Kannjin?

Pacientes com doenças coronárias crônicas (aqueles que já fizeram angioplastia ou cirurgia cardíaca), se forem assintomáticos aos esforços, ou seja, não apresentarem nada, nenhum sintoma em alguma atividade física como, correr ou subir escadas e possuírem liberação médica, estão liberados para a atividade sexual utilizando o Chá do Amor Kannjin.

4 thoughts on “Diabetes e doenças cardiovasculares podem causar disfunção erétil

  1. elidio soares de souza says:

    O problema de aluns clientes,realizarem uma pequena compra no início,geralmente é pelo fato de querer experimentar a droga,nesse caso o chá,vou realizar a minha,e se tudo correr bem,ficarei cliente mensal e permanente do produto.

    • chadoamor says:

      Olá, tudo bem?
      Sim, alguns clientes compram apenas uma unidade no primeiro pedido, porém rapidamente ficam clientes e realizam pedidos maiores, pois os efeitos do chá do amor são surpreendente. A utilização do chá do amor é bom tanto para o homem quanto para sua parceira.

    • Cha do Amor says:

      OLÁ, NELSON. TUDO BEM?

      A DIABETES É UMA PATOLOGIA CARACTERIZADA COMO AUSÊNCIA OU BAIXA PRODUÇÃO DOS HORMÔNIOS INSULINA E/OU GLUCAGON, PROVOCANDO ASSIM UMA ELEVAÇÃO DOS NÍVEIS DE GLICOSE NA CORRENTE SANGUÍNEA QUE NÃO CONSEGUEM ENTRAREM NAS CÉLULAS PARA PRODUZIREM ENERGIA NECESSÁRIA AO CORPO.

      OS TIPOS MAIS COMUNS DE DIABETES SÃO DIABETES TIPO I E DIABETES TIPO II. A DIABETES TIPO I MOSTRA-SE COMO UMA DOENÇA AUTO IMUNE, ONDE OS ANTICORPOS DO NOSSO ORGANISMO ATACAM AS CÉLULAS SECRETAGOGAS DE INSULINA DO PÂNCREAS.

      JÁ O TIPO II É CONTRAÍDO, NORMALMENTE, POR MÁ ALIMENTAÇÃO, SEDENTARISMO E OBESIDADE, ONDE O NÍVEL DE GLICOSE NO ORGANISMO SE TORNA ELEVADO PARA A QUANTIDADE DE INSULINA LIBERADA.

      EM AMBOS OS CASOS, QUANDO NÃO TRATADA, A DIABETES TENDE A DEFORMAR OS VASOS, PROVOCANDO DISFUNÇÃO ERÉTIL, PROBLEMAS CARDÍACOS, NEFROPATIAS, PERDA DA VISÃO.

      CHÁ DO AMOR KANNJIN, VEM SENDO UTILIZADO POR PESSOAS COM DIABETES A ANOS E NÃO FOI ENCONTRADO PROBLEMAS DE INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA COM REMÉDIOS PARA ESSA PATOLOGIA E NEM FATORES QUE POSSAM AGRAVAR A DOENÇA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *