Disfunção erétil pode ser tratada com mudanças no estilo de vida

A disfunção erétil ou impotência sexual, é a incapacidade que o homem tem de conseguir obter e manter uma ereção que seja suficientemente rígida para a satisfação do casal na hora da relação sexual. Aqui no Brasil, cerca de 50% dos homens com mais de 40 anos tem alguma queixa com relação às ereções.

Vários são os métodos buscados por eles, para conseguir se livrar do problema. Porém, estudos realizados em uma universidade da Austrália, mostraram que os homens que sofrem com a disfunção erétil nem sempre precisam recorrer aos medicamentos para tratar esta disfunção. Com algumas mudanças no estilo de vida, como fazer dieta, exercícios físicos, entre outros, pode ajudar os homens no tratamento.

 

Vamos entender as causas e os sintomas da disfunção erétil

São várias as causas da impotência sexual masculina. Na maioria dos casos, a falta de ereção pode estar relacionada a fatores físicos como: distúrbios hormonais, doenças crônicas, tumores ou doenças no pênis, problemas de circulação sanguínea, efeito colateral de alguns tipos de medicamentos, consumo excessivo de álcool e também o tabagismo.

 

No entanto, as causas da disfunção erétil também podem ser de origem psicológica como: ansiedade, depressão, estresse, fadiga, problemas financeiros e até o medo de um mau desempenho na cama.

Já os sintomas geralmente são a redução do tamanho e da rigidez do pênis, redução dos pelos no corpo e a incapacidade de ter e manter a ereção.

Veja como simples mudanças no dia a dia podem te ajudar com o problema

A disfunção erétil é um problema muito comum entre os homens, mas se engana quem pensa que eles vão atrás de ajuda para resolver o problema. Um estudo realizado pelo Instituto H. Ellis, mostrou que os homens que sofrem com a impotência, só procuram ajuda quatro anos depois que descobrem o problema.

 

Saiba que a disfunção erétil pode ser resolvida de várias formas que incluem medicamentos orais, as bombas de vácuo, injeções intracavernosas, e claro, a mudança no estilo de vida.

Hábitos pouco saudáveis, como, por exemplo, problemas com o seu peso, inatividade física, consumo exagerado de álcool, tabagismo e uso de drogas, aumentam as chances das disfunções sexuais aparecerem nos homens. Por isso os homens devem atentar à saúde:

Mantenha o peso ideal Nos dias atuais, é muito importante cuidar da nossa saúde, principalmente da saúde sexual. O excesso de gordura que as pessoas ingerem através da má alimentação leva à produção de estrógeno, um hormônio que causa aumento na produção do cortisol e leptina.

Esses dois últimos hormônios quando aumentados, fazem com que a quantidade de testosterona produzida pelo organismo diminua, fazendo com que o risco de ter impotência sexual aumente. O excesso de gordura também vai se acumulando nos vasos, o que dificulta a circulação sanguínea e a chegada do fluxo de sangue necessário até o pênis e a ereção fica comprometida.

Para não correr este risco de ser impotente sexualmente por causa de certos alimentos, vale caprichar num cardápio mais saudável, que envolva frutas, verduras e legumes sem excesso. E além do mais, a prevalência de excesso de peso ou obesidade em homens com disfunção erétil é de aproximadamente 80%.

 

Fique longe do álcool – O álcool, quando consumido em longo prazo, chega uma hora em que começam a aparecer as consequências de seu uso. Falha na memória, gastrite, cirrose e até mesmo a impotência sexual. O consumo excessivo de drogas e de álcool danifica os vasos sanguíneos, e até mesmo aqueles vasos que levam o sangue até o pênis, o que pode diminuir a sensibilidade e levar à impotência sexual.

Por isso, procure beber socialmente, sem exageros; além de cuidar de sua saúde, você estará melhorando seu relacionamento sexual e não deixando que a disfunção erétil faça você sofrer.

 

Pratique exercícios regularmente – Os homens que fazem exercícios regularmente podem prevenir a disfunção erétil. Além fazer bem à saúde, os exercícios físicos possibilitam um aumento na produção do hormônio testosterona, este, que ajuda no desempenho sexual.

Consulte o seu médico e saiba qual exercício que você pode estar fazendo e também, por

quantas vezes na semana essa prática pode ser executada.

 

Tenha uma boa noite de sono – Pesquisas mostram que a má qualidade do sono está fortemente associada a problemas de impotência sexual nos homens. Estudos feitos pela Unifesp, apontaram que homens com impotência sexual, tem o sono fragmentado e não conseguem dormir profundamente. A falta de sono pode acarretar em várias consequências a saúde e influenciar diretamente na impotência sexual.

Por isso, uma boa noite de sono é fundamental. Apague todas as luzes que por vezes não te deixam dormir, livre-se de ruídos que podem atrapalhar o seu sono, veja se o seu quarto está numa temperatura agradável, procure não beber líquidos que contenham cafeína durante a noite, e jamais leve trabalho ou estudos para a cama.

 

Não fume – o hábito de fumar também traz riscos à saúde sexual masculina. Isso porque os fumantes têm riscos muito maiores que os não fumantes, de desenvolver a disfunção erétil.

Os cigarros contém cerca de 4 mil químicos de são prejudiciais a saúde. Já está estampado nos maços de cigarro, que seu uso causa impotência sexual. Quem fuma, com o passar do tempo, os vasos que levam o sangue até o pênis ficam entupidos, e sem o bombeamento correto do sangue, a ereção não ocorre ou ocorre de maneira insuficiente, levando o homem à impotência.

 

Chá do Amor Kannjin pode ajudar a reverter a disfunção erétil

O chá do amor Kannjin é um poderoso energético sexual 100% natural, indicado para homens que possuem disfunção erétil e ejaculação precoce. É extraído de um cipó encontrado na floresta Amazônica, chamado “cipó Kannjin”.

 

Sua função é proporcionar uma ereção segura e saudável, e claro, tratando essas duas disfunções sexuais.

O chá deve ser ingerido 40 minutos antes do homem passar por uma situação erótica. Deve-se abrir o sachê e despejar o conteúdo em um copo de água, suco, ou refrigerante e ingerir logo em seguida. Vale ressaltar, que o Chá do Amor Kannjin nunca deve ser ingerido com leite, pois a ação da lactose pode inibir a ação do produto.

2 thoughts on “Disfunção erétil pode ser tratada com mudanças no estilo de vida

    • Cha do Amor says:

      Bom dia, Sr. Firmino.

      Chá do amor Kannjin, não pode ser utilizado em homens com doença cardíaca a quem não se aconselha atividade sexual. Os médicos devem considerar o potencial risco cardíaco da atividade sexual em doentes com doença cardiovascular pré-existente.

      O seguinte grupo de doentes com doença cardiovascular não foi incluído em ensaios clínicos, estando por isso o uso do chá do amor Kannjin contraindicado.

      Doentes com infarto do miocárdio nos últimos 90 dias.
      Doentes com angina instável ou angina que aparece durante a relação sexual.
      Doentes com arritmia não controlada, hipotensão ou hipertensão não controlada.
      Doentes em acidentes vascular cerebral nos últimos 6 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *