Envelhecimento e libido: como manter a vida sexual saudável?

imagem de capa: homem e mulher, ambos idosos, deitados na cama sorrindo um para o outro

É completamente normal que, conforme você for envelhecendo, sua libido vá diminuindo e o desejo sexual deixe de ser tão presente no dia-a-dia.

Porém, isso não significa que você precise parar a sua atividade sexual e muito menos que o desejo deixe de existir.

Na verdade, é justamente na terceira idade – e próximo dela – que você passará a ter mais tempo, dinheiro e condições para se envolver em novos relacionamentos (o que não quer dizer, necessariamente, que você precise trocar de parceira).

Ao longo deste artigo você irá descobrir como é possível ter uma vida sexual saudável enquanto envelhece.

Mas, antes de começarmos, preencha o formulário abaixo para receber mais dicas sobre saúde e desempenho sexual diretamente no seu email…


Libido na terceira idade: Fatores psicológicos

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os principais motivos para a diminuição da libido ao decorrer dos anos estão mais ligados aos fatores psicológicos do que físicos, propriamente ditos.

Isso acontece porque, com o tempo, vamos saindo do tal “padrão de beleza”. Você passa a não acreditar que seu corpo é tão bonito e atraente como já foi nos anos anteriores.

Além disso, a condição física também tende a ceder, principalmente depois da aposentadoria…

Esse combo faz com que o homem comece a diminuir sua autoestima e, principalmente, autoconfiança.

E é justamente estes dois fatores psicológicos os responsáveis por fazer com que a sua vida sexual acabe ao envelhecer.

Quando você deixa sua autoestima diminuir, passa a não gostar mais de si mesmo, nem do seu corpo é normal que o desejo diminua.

Isso ocorre porque, inconscientemente, você deixa de amar a si mesmo e começa a acreditar que outras pessoas também não teriam motivos para sentir atração física por você.

O poder da confiança

Trabalhar a autoestima é a melhor maneira de melhorar a libido, quando você está bem consigo mesmo consegue se sentir mais atraente e a libido melhora automaticamente.

Porém, um dos principais problemas para o homem, ao envelhecer, está mesmo é na autoconfiança.

Com o passar dos anos, naturalmente, você não conseguiu tantas ereções quanto gostaria e isso foi ficando cada vez mais comum.

Essa falta de confiança no “próprio taco” faz com que a libido diminua e se ocorrer a oportunidade de fazer sexo, a falta de autoconfiança pode gerar – inclusive – a impotência sexual (disfunção erétil).

Para rever este quadro é importante que você passe a cuidar mais de si mesmo, exercícios físicos, estudos e até mesmo trabalhos que não sejam muito cansativos, porém lhe tragam alegria em executar, vão lhe ajudar a sair dessa situação.

Exercite sua autoestima e confiança, permita-se gostar de si mesmo e interiorize que envelhecer não é sinônimo de menos virilidade ou inutilidade.

Afinal de contas, o que é velho para você? Para uma criança de 05 anos, alguém de 20 é velho. Para uma pessoa de 40, alguém com 60 é velho. A “velhice” está mais relacionada a visão das outras pessoas do que a sua, de fato.

Portanto, note que você não é velho – no máximo, um clássico… Um artigo de luxo, como um bom Whisky que já passou pelo tempo necessário para ficar excelente.

Pense que você tem o que nenhum outro homem mais jovem possui: tempo e dinheiro para focar em ser mais atlético, bonito e ainda mais viril do que nos anos anteriores.

 

Leia também: Baixa Libido: A falta de desejo sexual tem solução?

 

Envelhecimento e libido: Uma forcinha não faz a ninguém

Quando você interiorizar o que viu acima e começar a compreender que sua vida e seu desejo sexual só dependem de você, as mudanças começaram a aparecer.

Porém, nada impede que você dê uma “forcinha” para que as coisas andem um pouco mais rápido, não é mesmo?!

Existem 03 coisas que podem lhe ajudar a recuperar e manter uma vida sexual saudável enquanto envelhece.

Confira:

01 – Brinquedos eróticos

Quem não gosta de uma boa aventura? Brinquedos eróticos podem trazer para a sua rotina o fator surpresa/inovação, que são sempre excitantes.

Então, use e abuse de brinquedos, géis comestíveis, fantasias e tudo que um sexy shop de qualidade pode lhe oferecer.

Apimentar as coisas é a melhor maneira de fazer pegar fogo!

02 – Masturbação

Não era errado antes e não é errado agora. A masturbação é a maneira ideal do homem se conectar com seu próprio corpo e conhecer um pouco mais sobre si mesmo.

Ao se masturbar você exercita a mente, eroticidade e aumentando o seu desejo sexual, fazer isso regularmente pode regular sua libido e lhe deixar com o apetite sexual de um garotão.

Da mesma maneira, a masturbação exercita o órgão genital e permite que você entenda como ele responde agora, quais os impulsos que fazem com que o seu “amigo” se coloque de pé e por aí vai.

03 – Suprimentos naturais

Tomar Viagra e outras drogas controladas podem ser mais prejudiciais do que benéficas para a sua saúde sexual…

Por isso, optar por suprimentos naturais como o Chá do Amor, é a melhor maneira de aumentar a libido, melhorar a ereção e reduzir as chances de uma ejaculação precoce.

Conclusão

Como vimos acima, a libido realmente tende a diminuir conforme os anos avançam. Porém, não precisa ser assim!

Cuidar do seu psicológico, aumentando a autoestima e autoconfiança é a chave para manter uma vida sexual saudável.

E também não será pecado algum se você utilizar algumas coisinhas extras para ajudar a desenvolver melhor essa vida sexual, como brinquedos eróticos, a prática da masturbação e – claro – o chá para aumentar a libido masculina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *