Estresse pode levar o homem a ter impotência sexual

São várias as causas que podem influenciar no aparecimento da impotência sexual, e o estresse é uma delas. Além dele, outras causas que se enquadram como psicológicas e afetam a sexualidade masculina são a ansiedade e a depressão. Fatores orgânicos também podem causar o aparecimento desta disfunção, são eles: diabetes, colesterol elevado, hipertensão arterial, tabagismo e obesidade. Esses fatores podem prejudicar o fluxo de sangue no pênis, anulando assim,  a capacidade do homem manter uma ereção plena.

Sabe-se que a impotência sexual ou disfunção erétil, como também é chamada, interfere muito nas relações sexuais. Causa constrangimento para os homens e prejudica a intimidade do casal. Ela se caracteriza pela incapacidade de obter e também de manter uma ereção que seja suficiente para que possa haver a penetração e o ato sexual se concretize.

Por que o estresse pode causar a impotência?

O estresse do dia a dia, a falta de dinheiro no banco e as contas que não param de chegar, por exemplo, são fatores que pesam no desempenho sexual do homem moderno. Muitas pessoas falam o que o casal pode estar fazendo para estimular o desejo. Mas às vezes é complicado pedir a um homem ou a uma mulher, cujo dinheiro não chega para pagar as contas do mês, e que estão estressados de tanto problema, que estejam dispostos a criar um clima e terem uma noite inesquecível de sexo.  E é aí que começam os sintomas da impotência sexual.

 

Os homens geralmente apresentam os seguintes sintomas: redução do tamanho e da rigidez do pênis, redução dos pelos no corpo e a incapacidade de ter e manter a ereção. A impotência sexual geralmente se manifesta em diferentes graus e acomete pessoas de qualquer faixa etária, seja jovem, adulto ou idoso.

Estima-se que no mundo todo quase 200 milhões de homens apresentem a disfunção erétil. Ela atinge em algum grau, mais de 25 milhões de homens brasileiros com idade acima dos 18 anos. Já entre a faixa dos 40 anos, 30% não conseguem ter relações por falta de ereção. Lembrando sempre, que muitos homens já experimentaram pelo menos uma vez em algum momento da vida, uma falha na hora da relação sexual, e isso é considerado normal. Mas se esta falha ocorrer com frequência, pode ser que o homem tenha a disfunção erétil.

Chá do Amor Kannjin pode ajudar a reverter a disfunção erétil

O Chá do Amor Kannjin é um poderoso energético sexual 100% natural, indicado para homens que possuem disfunção erétil e ejaculação precoce. É um produto extraído de um cipó encontrado na floresta Amazônica, chamado “cipó Kannjin”.

Quem sofre com estas disfunções, sabe que não é fácil enfrentar uma noite de sexo, sabendo que o ato não vai ser como você planeja. Por isso, a função do Chá do Amor Kannjin é proporcionar uma ereção segura e saudável, e claro, tratando essas duas disfunções sexuais.

 

Como é uma planta natural, trabalha toda a circulação do corpo humano, fazendo circular o sangue principalmente na região do pênis. Diferente dos outros remédios utilizados para combater a ejaculação precoce e a disfunção erétil, o chá do amor não possui efeitos colaterais, porque ele é totalmente natural.

Podem fazer uso do Kannjin, pessoas com idade entre 18 e 90 anos. Os homens que tiverem disfunção erétil devem ingerir uma dose única do Chá do Amor, 40 minutos antes de ter relação sexual. Já quem sofre com a ejaculação precoce, deve ingerir o chá uma hora antes do ato sexual, uma vez por semana. O chá do amor kannjin vem em um sachê, e deve-se despejar todo o conteúdo em um copo com água, suco, ou refrigerante e ingerir logo em seguida. Vale ressaltar, que o Chá do Amor Kannjin nunca deve ser ingerido com leite, pois a lactose pode inibir a ação do produto.

Dicas para afastar o estresse e prevenir a impotência sexual

Com a correria do dia a dia, é sempre bom parar um pouco e pensar mais na saúde, principalmente na saúde sexual. Por isso, algumas dicas podem contribuir para que o homem tenha uma rotina mais saldável e livre de qualquer problema sexual que possa atrapalhar o relacionamento.

Relaxe sempre que puder – Estresse na hora H é um péssimo aliado para que o homem consiga ter a ereção. Quando o estresse é tanto, o homem pode vir a ter a disfunção erétil. Por isso, para espantar o estresse, tomar uma ducha antes do sexo ou assistir um pouco de Tv com a parceira pode servir para o homem consiga relaxar e estar mais tranquilo para encarar uma noite de sexo.

 

Tenha uma boa noite de sono – Pesquisas mostraram que a má qualidade do sono está fortemente associada a problemas de impotência sexual nos homens. Os níveis de testosterona têm um pico na parte da manhã. Assim, os padrões de sono irregulares ou com menos de sete horas por dia, podem afetar a qualidade da sua vida sexual. Problemas como hipertensão arterial, apnéia e diabetes, também podem vir a acometer os homens.

 

Caminhe 20 minutos por dia – Quando o homem se exercita, o fluxo sanguíneo aumenta e o sangue que corre através das células endoteliais, acaba estimulando a produção de óxido nítrico, uma substância muito importante nas ereções. Não precisa ser aquela caminhada de uma hora, mas um trajeto de 20 ou 30 minutos por dia, da casa até o trabalho ou ao final do dia, já está de bom tamanho. Além do mais, praticar exercícios físicos ajuda o homem a se livrar do estresse, e a aumentar a produção do hormônio testosterona, que é o grande responsável pelo desempenho sexual.

 

Pare de fumar – Os fumantes correm sérios riscos de desenvolverem a disfunção erétil e outras doenças. Isso, porque os cigarros contém cerca de 4 mil químicos de são prejudiciais a saúde. E já está estampado nos maços de cigarro, que seu uso causa impotência sexual. Quem fuma, com o passar do tempo, os vasos que levam o sangue até o pênis ficam entupidos, e sem o bombeamento correto do sangue, a ereção não ocorre ou ocorre de maneira insuficiente, levando o homem à impotência.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *