Obesidade e Impotência Sexual

O Brasil tem cerca de 18 milhões de pessoas consideradas obesas. Somando o total de indivíduos acima do peso, o montante chega a 70 milhões, o dobro de há três décadas.

A obesidade é uma doença crônica sustentada por fatores ambientes e genéticos, sendo atualmente considerado um problema de saúde pública em todo o mundo. Nas últimas décadas, as taxas de sobrepeso e obesidade aumentaram em grande parte do mundo, tanto nos países desenvolvidos quanto nos mais pobres.

Os fatores genéticos explorados identificaram que o gene associado à massa de gordura e à obesidade (FTO) está associado à adiposidade humana. O gene FTO está relacionado ao risco de obesidade, principalmente o SNP rs9939609, que posteriormente foi confirmado por outros estudos independentes em diferentes populações humanas. Ainda existem correlações entre outros genes e à adiposidade, podendo-se concluir que a tendência à obesidade pode ser uma característica genética herdade de dos familiares.

Já os fatores ambientais são aqueles relacionados ao estilo de vida do paciente. Pessoas com alimentação inadequada/exagerada e que possuem comportamento sedentário são classificadas em um grupo com grandes chances de aumentarem o peso, podendo chegar a obesidade e suas complicações.

Obeisdade-Impotência-Sexual-kannjin-cha-do-amor2

Independente de qual grupo você esteja, genético ou ambiental, existem soluções para a diminuição do peso corporal. Praticar exercícios físicos, ter um gasto calórico maior ao que você consome, realizar uma alimentação balanceada e procurar auxílio médico ou nutricional são condições fundamentais para emagrecer e atingir seu peso ideal.

Estudos de longo prazo mostram que a obesidade leva ao grupamento de componentes da Síndrome Metabólica, que inclui obesidade abdominal, dislipidemia, resistência à insulina, diabetes tipo II, hipertensão e etc. Recentemente vem-se observando uma associação entre obesidade e função sexual em homens, que é independente dessas doenças relacionadas à obesidade. Ou seja, a obesidade, em si, pode interferir sobre o desempenho sexual.

Para o homem conseguir ter uma ereção é necessário que haja estímulo físico que irá desencadear uma circulação sanguínea mais constante, especialmente para a área peniana. A elasticidade do órgão genital masculino facilita o enchimento do mesmo com sangue devido ao aumento do fluxo sanguíneo, causando a ereção. Se um homem possui alterações vasculares que possam afetar a irrigação para o seu órgão genital, como é o caso de pacientes obesos, é provável que possa a vir desenvolver problemas de ereção e impotência sexual.

A obesidade tende a deformar os vasos sanguíneos, fazendo com que as artérias percam sua elasticidade, o que faz com que a irrigação de sangue fique comprometida, diminuindo a quantidade de sangue para os órgãos, como o pênis por exemplo. Uma das principais causas é o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos, tensão constante e ansiedade, estilo de vida sedentário (baixa atividade física e ingestão elevada de gorduras e carboidratos), consumo excessivo de sal, tabaco e álcool, a falta de o exercício ou doenças renais e diabetes, todas condições que levam a obesidade e consequentemente a impotência sexual.

Em um estudo realizado recentemente por um grupo de médicos, foi traçado uma relação entre função sexual e o IMC (índice de massa corporal) do paciente. O resultado deste estudo observou que pacientes que apresentavam IMC dentro do normal tinham um vida com potência sexual dentro dos padrões, enquanto o grupo que possuía níveis elevados de IMC apresentava impotência sexual.

Este estudo serviu como um incentivo para os indivíduos obesos alterarem seus padrões alimentares e o estilo de vida, melhorando assim a saúde, qualidade de vida e seu rendimento sexual.  

Com base em todas essas informações, é importante que o homem acima do peso ou obeso, que apresenta episódios de impotência sexual, comece a melhorar seu estilo de vida, principalmente passando por uma readequação alimentar e aumentando a prática de exercícios físicos. A tendência que volte a normalidade sexual, quando atingir o peso corporal ideal, é muito grande.

O Chá do Amor apoia um estilo de vida saudável, principalmente para que os homens possam ter qualidade em sua vida sexual. Tanto para os que estão acima do peso e que possuem dificuldade de ereção ou para aqueles que querem apenas melhorar seu rendimento sexual, o Chá do Amor quando utilizado 40 minutos antes de uma relação, pode ajudar você a ter uma ereção segura e saudável, proporcionando mais prazer para você e sua parceira.

 

2 thoughts on “Obesidade e Impotência Sexual

    • Cha do Amor says:

      Bom dia, Paulo. Ficamos muito felizes em saber que conseguimos lhe ajudar com o nosso produto, é muito gratificante saber que nosso trabalho está ajudando muitas pessoas. Atenciosamente, Equipe Chá do Amor Kannjin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *